Image Alt

Coudelaria Casa do Olival

A Casa do Olival e o Cavalo Puro Sangue Lusitano

CASA  DO  OLIVAL  –  A NOSSA  HISTÓRIA

 

A Casa do Olival além de se dedicar à Criação do Cavalo Puro Sangue Lusitano (PSL), aposta também na vertente Desportiva, tanto nos Concursos de Modelo e Andamentos, como também nos Concursos de Dressage e Equitação de Trabalho (ET).

 

No caso especifico da Equitação de Trabalho, o grande impulsionador foi o TRIGO  PFC (linhas Veiga com Opus 72 , Novilheiro e Minuto), o Palomino que montado inicialmente por João Duarte Rafael, foi logo no 1º ano de Competição em 2009, Campeão / Medalha de Ouro, no Campeonato Nacional de Equitação de Trabalho (CNET), Escalão de Debutantes.

 

Passando ao Escalão de Consagrados, obteve as Medalhas de Bronze (3º lugar) e Prata (2º lugar) nos anos de 2010 e 2011

Já no Escalão de Masters, veio a sagrar-se Campeão Nacional / Medalha de Ouro, nos anos de 2012 e 2013, não terminando o Campeonato de 2014, por desistência do Cavaleiro.

 

A partir de 2014, o TRIGO, passou a ser montado por Vasco Mira Godinho, continuando a sua Carreira Vitoriosa, em todas as Provas em que participava.

Assim nos anos de 2015, 2016 e 2017, voltou a sagrar-se Campeão Nacional / Medalha de Ouro nos respectivos CNET, totalizando 6 Medalhas de Ouro, 1 de Prata e 1 de Bronze nos 9 Campeonatos disputados, com 2 não concluídos.

Somam-se ainda a nível Nacional mais 4 Taças de Portugal, na Golegã/FNC.

 

Em termos Internacionais e integrando a Selecção Nacional Portuguesa de Equitação de Trabalho, destaca-se a participação nos seguintes Campeonatos WAWE

  • Campeonato da Europa 2013, em Itália, com o 1º Lugar por Equipas (excluído após Prova de Velocidade, com o melhor tempo de pista, pelo Juiz de paddock)
  • Campeonato do Mundo 2014, em Viena de Áustria com o 2º Lugar Individual e 1º por Equipas
  • Campeonato da Europa 2016, em Munique com os 1ºs lugares Individual e por Equipas
  • Campeonato do Mundo 2018, de novo em Munique com o 2º Lugar por Equipas (retirado da Prova de Velocidade pela equipa médica).

 

Em termos Internacionais ainda se releva, a participação nos Torneios Internacionais de:

  • Munique (2012 – 2º Lugar individual), Frankfurt (Festival do PSL 2016 – 1º Lugar por Equipas), Estocolmo (2013 – 2ºLugar Individual), Ponte de Lima (2015 – 1º Lugar), e Beja (2015 – 1º Lugar)
  • Em Viena de Áustria no Torneio Internacional Longines Global Champions Tour nos anos de 2015 (2º Lugar) e 2016 (1º Lugar)

 

Quanto à Disciplina de Dressage destacamos o Habil CCZ (Peralta X Romeira), que com Vasco Mira Godinho obteve o 1º Lugar nos Critérios de Cavalos Novos FEI, de 6 Anos, em 2018.

Este PSL foi Aprovado como Reprodutor com 72,5 Pts, deixando-nos, antes de partir para a Irlanda para os Estábulos de Carl Hester, o seu filho Patusco do Olival (Habil por Peralta X Imperatriz Olival por Trigo e Rico), que já se encontra em Competição, com excelentes resultados, montado por Mafalda Deitado

 

Hoje em dia destacamos igualmente 2 outros jovens PSL, montados por Vasco Mira Godinho:

  • Oeste SVF por Fidalgo TVF e Raja MAC
  • Pintor TVF por Fogoso TVF e Raja MAC

em fase adiantada de trabalho e preparando a fase de surgirem em pista.

 

Por fim, quanto aos Concursos de Modelo e Andamentos, destacamos:

 

  • Joio JNJ (Riopele por Hostil X Esteva) Medalhado com Prata aos 3, 4 e 5 Anos nos Concursos da Golegã e Ponte de Lima
  • Ladino do Olival (Chamariz dos Cedros por Unico X Daninha por Satelite por Hostil), com um 3º Lugar aos 2 Anos na ExpoÉgua
  • Olivia do Olival (Gaio dos Cedros por Rubi X Imperatriz Olival por Trigo), com Medalha de Prata com 1 Ano, na ExpoÉgua

 

Passando ao tema da Criação do PSL, devemos relevar que a Base Genética das nossas actuais éguas, é caracterizada na sua origem, pelo cruzamento do TRIGO PFC com a DIVA  GUB por RICO GUB, marcados por Linhas:

  • Manuel Veiga com Guizo, Nilo, Opus 72, Minuto, Novilheiro
  • Andrade com Firme, Tivoli, Vidago e Euclides.

A esta base genética, do verdadeiro e original PSL, juntou-se Hostil GUB (através de Rico GUB) e Xaquiro CI (através de Maestro GUB).

Continuando esta selecção, trabalhamos hoje em dia com Garanhões de descendência ESCORIAL CSB, RUBI AR e PERALTA LEM, já aparecendo alguns resultados deste continuo trabalho.

 

Com base neste programa e fiéis a esta estratégia, continuaremos a utilizar estas linhagens, tendo usado recentemente, Liege das Lezirias (Escorial CSB X Faquita das Lezirias por Quixote MVL), um irmão pleno do Nuelo das Lezirias (da equipa Campline Horses), Jasmim Plus (Escorial CSB X Estrela Plus por Peralta), Habil CCZ por Peralta, Lavrador PFC por Rico GUB e Gaio dos Cedros por Rubi AR, até que surjam outros Reprodutores que nos motivem a adaptar o nosso Plano Estratégico

 

Dentro desta nossa filosofia, acreditamos vir com as nossas Éguas a criar os próximos PSL do Olival, na continua procura do aperfeiçoamento da Raça, mas mantendo-nos sempre fiéis às suas verdadeiras e puras origens.