O Cavalo Puro sangue Lusitano

O Cavalo Puro Sangue Lusitano, caracteriza-se por:

  - Elevadas qualidades anímicas, temperamentais e de carácter
  - Força Muscular
  - Andamentos progressivos

Daí os seus antepassados terem ser sido utilizados, primeiro como cavalos de guerra e posteriormente em toureio.
 Revelando um temperamento:

  - Nobre
  - Generoso
  - Ardente
  - Dócil
  - Sofredor

Permite-lhe, uma Elevada Capacidade de Concentração.
A Prática de exercícios de Alta Escola assim como graças a uma Grande Coragem e Entusiasmo, a prática de exercícios de Gineta:

  - Combate
  - Caça
  - Toureio
  - Maneio de Gado

Por estes motivos, torna-se especialmente adequado à prática da denominada Equitação de Trabalho.

Equitação de Trabalho

Este tipo de equitação consiste em 4 tipos de provas.

A primeira, a de ENSINO, decorre num picadeiro de 40x20 metros. Inclui diversas figuras, afim de que o Jurí possa vereficar as capacidades do conjunto Cavalo/Cavaleiro.

 A segunda, a de MANEABILIDADE, é uma gincana com aproximadamente quinze esforços, em que será posta à prova a agilidade, a maneabilidade, a submissão, ou seja verificar se o cavalo terá a atitude de trabalho necessária, quando o mandam passar por diversos obstáculos, tais como abrir portões, saltar, passar por alguma ponte, etc., sendo a atitude em cada um destes obstáculos, pontuada pelos juízes.

A terceira, a de VELOCIDADE, será feita reduzindo os obstáculos da segunda, saindo vencedor o conjunto mais veloz e com menos penalizações.

A quarta prova, somente é realizável, se houver uma equipa, composta por vários conjuntos.
Trata-se de apartar e conter numa demarcada área, um pequeno grupo de vacas.

A pontuação final será a resultante das pontuações das várias provas, sendo eliminados os conjuntos em que se vislumbre sangue, nas respectivas montadas.